Alterar tamanho da fonte:
Informações e Consultas públicas
Governo inspecciona e classifica a situação da segurança dos taludes de cada uma das zonas de Macau
Data de upload: 2018-06-11
  • Data: 2018-06-11

Descrição

O Governo continua a fiscalizar a segurança dos taludes de Macau e a inspeccioná-los de forma periódica. Os taludes com risco elevado de derrocada têm sido objecto de obras de reparação e consolidação, pelo que nestes últimos anos são cada vez menos. Com a aproximação da época de chuvas e de tufões, o Governo irá reforçar os trabalhos de inspecção e efectuar trabalhos de consolidação nos taludes mais instáveis e chamar a atenção dos proprietários de taludes ou de muros de suporte privados para procederem o mais rapidamente possível, por iniciativa própria, à inspecção e reparação.

Os taludes de Macau dividem-se em taludes públicos e taludes privados. Os trabalhos de manutenção e reparação dos taludes públicos são da alçada dos serviços do Governo e os dos taludes privados são da responsabilidade dos seus proprietários.

A fim de reforçar os trabalhos de fiscalização em todos os taludes de Macau, o Grupo de Trabalho sobre a Segurança de Taludes composto por representantes do IAC, da DSSOPT e do LECM inspecciona-os de forma periódica, de modo a se inteirar da sua situação e evolução e actualizar assim o grau de risco de derrocada, apresentando depois propostas para a sua reparação e consolidação. Os trabalhos de consolidação dos taludes públicos serão efectuados de acordo com o seu grau de urgência e relativamente aos taludes privados será exigido aos proprietários que façam o respectivo acompanhamento.

O Grupo de Trabalho sobre a Segurança de Taludes faz uma avaliação geral do risco de derrocada tendo em conta o estado dos taludes, os peões e as construções e classifica-os em elevado, médio ou baixo. Os taludes que representam um risco elevado não significam que a sua derrocada será imediata, mas que existe um risco real de atingirem pessoas ou prejudicar a economia, deste modo, urge efectuar o mais rapidamente possível trabalhos de reparação de forma integral. Os taludes que representam um risco médio significa que existe um determinado risco de atingirem pessoas ou prejudicar a economia, deste modo, deve-se prestar atenção e efectuar pequenos trabalhos de reparação. Os taludes que representam um risco baixo, significa que o risco de atingirem pessoas ou prejudicarem a economia é baixo ou até nulo, deste modo, devem ser vigiados de forma periódica e serem limpos.

A fim de elevar a transparência das informações sobre os taludes de Macau, os cidadãos através da “Rede de Informação sobre a Segurança de Taludes” podem ficar a par da situação actual dos taludes de Macau, nomeadamente o grau de estabilidade dos taludes, a evolução do coeficiente de risco e o andamento dos trabalhos de reparação dos taludes públicos por parte do Governo. De acordo com os dados disponíveis, neste momento estão registados um total de 221 taludes situados nas várias zonas de Macau, dos quais 156 são classificados de baixo risco, estando-se neste momento a acompanhar os trabalhos de consolidação de 2 taludes públicos classificados como de elevado risco.

A DSSOPT apela aos cidadãos para informarem imediatamente os porteiros dos respectivos edifícios e contactarem também o Centro de Contacto da DSSOPT através da linha aberta n.o 85903800, quando verificarem grandes fissuras nos taludes ou nos muros de suporte, água barrenta a escorrer dos taludes ou dos muros de suporte, ou infiltrações em áreas excessivamente grandes, a fim que os problemas possam ser resolvidos.

  • Os taludes de risco elevado têm vindo a diminuir gradualmente nos últimos anos.
    Os taludes de risco elevado têm vindo a diminuir gradualmente nos últimos anos.
  • O Grupo de Trabalho sobre a Segurança de Taludes efectuam inspecções periódicas aos taludes situados de Macau.
    O Grupo de Trabalho sobre a Segurança de Taludes efectuam inspecções periódicas aos taludes situados de Macau.
Subscrever